Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2016

ADEUS À CARNE : UMA HISTÓRIA GNÓSTICA DO CARNAVAL - CLÁUDIO SIQUEIRA

Adeus à carne: uma história gnóstica do Carnaval, por Claudio Siqueira
Chegamos a mais um carnaval, a famigerada “Festa da Carne”, embora a etimologia não seja bem essa. Sagrado para os foliões e profano para os carolas, as origens de tal festa possuem  raízes gnósticas como não poderia deixar de ser. Se “a voz do povo é a voz de Deus”, no Carnaval não poderia ser diferente; ainda que esse deus fosse Dionísio. Embora pouco conhecido pela metafísica do inconsciente coletivo nacional, o maior ritual hedonista brasileiro tem muito a ver com essa antiga divindade grega, que em Roma atendia por Baco. Duvida? Basta reparar no gordo Rei Momo que preside essa folia. Sim, senhoras e senhores! Os arquétipos sempre se repaginam, e o maior ébrio do Olimpo não ia ficar de fora da Saturnália dos trópicos. O "Cinegnose" disseca a história do carnaval, sem se esquecer da Sétima Arte, que o retratou com maestria.

O carnaval brasileiro no cinema
Em 1933, A Voz do Carnaval lançava Carmen Miranda …